Abiu roxo

O abieiro, Pouteria caimito, é planta pertencente à família Sapotaceae com provável centro de origem na Amazônia Ocidental. Embora pouco explorado comercialmente, o abiu é fruto bastante consumida nos trópicos na formain natura, ao lado de outras sapotáceas, como o sapoti, o canistel, o caimito e o mamey. No Brasil seu consumo é mais difundido nos estados da região Norte, mais especificamente no Acre, Amapá e Pará.

É rico em Potássio, Cálcio e Fósforo. Contém também Vitaminas A, B1, B2, C e B3; Os frutos são consumidos exclusivamente na sua forma natural.

Categoria:

Descrição

Nome popular: Abiu roxo

Nome científico: Chrysophyllum Cainito

Família: Sapotaceae

Origem: América Central e Antilhas, incluindo o Haiti e Cuba.

Ciclo de vida: Perene

Folha: Folhas inteiras, ovais, verde-escuras, lisas e brilhantes na face superior, pálido-esbranquiçado e com pêlos, na inferior.

Crescimento da planta: A planta cresce moderadamente . Árvore geralmente com até 18 metros de altura, rica em látex.

Quando da frutos: A frutificação ocorre de julho a dezembro.

Frutos: Frutos globosos, tipo baga (fruto com polpa suculenta e contém sementes), casca fina, lisa, de cor verde ou roxa, polpa carnosa e pegajosa devido ao látex e com 6 a 10 sementes por fruto.

Quando da flores: Florece de fevereiro a maio.

Flores: Flores brancas ou amareladas, isoladas, emitidas em agrupamentos, em forma de tufos, na axila das folhas com os ramos.

Como adubar essa planta: ➜ No plantio recomenda-se usar 15 litros de esterco de curral ou de composto orgânico; ou 5 litros de esterco de galinha já curtido, mais 150 gramas de superfosfato misturados na terra retirada dos primeiros 20 centímetros da cova. Essa mistura deverá ir para o fundo da cova. ➜ Para manutenção adubar com 3 pás de composto orgânico feito de esterco de galinha curtido e 30 gramas de NPK 10-10-10. Distribuir o adubo superficialmente (5 centímetros) a uma distância de 20 centímetros do caule no início de outubro.

Como regar essa planta: Enquanto a planta for jovem regar 2 vezes por semana, após adulta só no caso de estiagens prolongadas.

Vai em qual clima: Tropical