Árvore de Natal Natural – Conheça a Tuia Holandesa

Nesse post vamos esclarecer algumas dúvidas sobre uma árvore de natal natural, quais são as melhores opções, como escolher e quais os cuidados para que sua árvore dure mais.

A árvore de natal natural não dura muito tempo! Já ouviu isso?

Vamos começar falando sobre, quais são os motivos que levam com que muitas árvores de natal sequem muito rápido, tão rápido que algumas não chegam nem até o Natal.

E isso começa com uma coisa muito importante que você precisa saber!

É que existem sim, árvores de natal que são praticamente descartáveis, ou seja, talvez elas não durem nem até o natal, que é o seu objetivo principal, mas, tem também aquelas que são produzidas para durar muito tempo. A diferença entre elas é a maneira de fazer o envasamento para a comercialização.

E devido ao grande fluxo do comércio nessa época do ano, essas árvores são produzidas em grandes escalas e acabam sendo retiradas muito rápido e sem os cuidados necessários, como fazer a sangria da planta e cavar em volta para tirar com cuidado, assim como se faz com palmeiras e jabuticabeiras, por exemplo.

É quase uma produção em série, as plantas são arrancadas do solo e colocadas no vaso, sem cuidado algum e por isso depois de três semanas começam a amarelar.

Como escolher sua árvore de natal?

Então se a sua ideia é ter uma planta que dure muito tempo, essa época de natal não é uma época boa para você comprar, porque vai ser difícil diferenciar qual árvore foi envasada corretamente e qual não foi.

E por isso, se você vai comprar sua árvore em dezembro, compre após o dia 5 e certifique-se que o local em que vai comprar é de confiança.

E outra dica é, compre apenas a planta que apresentar raiz, verifique os buraquinhos da parte inferior do vaso e veja se há a presença de raízes.

Qual árvore de natal escolher?

Árvore de Natal Natural

A variedade de pinheiro de natal mais comum no mercado é a tuia, também conhecida como árvore-da-vida, pinheiro-de-cemitério e cipreste. Os pinheiros são coníferas, que não são indicadas para ambientes internos. A tuia é uma das plantas que mais sente por estar fora do ambiente natural.

Os tipos de tuias mais comercializadas aqui no brasil que são a holandesa e a strickta que têm tratamentos diferentes, inclusive do que elas recebem lá nos seus países de origem, que são países mais frios.

As duas são de ambientes de sol pleno, mas não aqui no Brasil, porque nosso sol é muito forte para elas. Então ela não vai gostar muito de receber o sol pleno, naquele horário entre dez da manhã e duas ou três da tarde, dependendo da região que você mora.

Quais os cuidados tomar

E você não pode esquecer, que a sua árvore de natal não deixa de ser uma planta comum, um ser vivo!

Então se você encher ela de enfeites pesados, colocar em um vaso bacana, colocar no meio da sala, na sombra e ainda por cima esquecer de regar, é certeza que ela não vai durar muito tempo.

Então o que você pode fazer, é escolher um lugar mais próximo de uma janela, de uma entrada de luz de sol direta, pelo menos algumas horas por dia e lembrar de molhar, afinal a gente espera que a sua planta ainda esteja viva no natal e assim continue por muito tempo.

E você deve regar todos os dias, a quantidade de água vai depender do tamanho do vaso, mas o que você não pode fazer é deixar que a sua planta sinta sede ao ponto de secar o substrato.

Em caso de dúvida, você pode molhar um pouco à mais é melhor errar pelo excesso do que pela falta de água.

E outro detalhe muito interessante é saber qual é a origem da sua planta. A tuia ou pinheiro, falando assim parece que se trata somente de uma planta, mas na verdade faz parte de uma grande variedade.

O tipo mais vendido para o natal, devido a sua beleza é a tuia holandesa ou tuia limão, recebe esse nome por causa do seu cheiro cítrico. O tipo de tuia vai determinar o ambiente que ela deve ser conservada, em sol pleno ou meia sombra.

Plantando o pinheiro no Jardim

Plantar árvore de natal

E se a sua ideia é passar a planta para o jardim no solo, de uma maneira definitiva, você deve caprichar no berço, que é o buraco que você vai fazer para colocar a árvore, pois se trata de uma planta de raízes profundas.

Por isso é importante você escolher um local definitivo, porque o replantio pode ser uma tarefa muito complicada. E pensa bem também, porque a maioria das espécies cresce bastante e pode virar uma coisa que você talvez não esperava.

E por exemplo, sabe aqueles pinheirinhos que muita gente ganhava antigamente no dia da árvore e plantava no canteiro de casa e depois virava uma coisa gigantesca do tamanho do prédio, é só lembrar desses casos que muita gente passou. Por isso, se quer acertar na escolha pesquise bem.

E com relação à poda, ela não é tão necessária, é mais interessante para você dar um formato para sua planta, também você pode tirar galhos secos ou indesejados, mas não é extremamente necessário, porque não é uma planta que tem flores e frutos.

Adubo para a tuia

Se você sente necessidade de adubar, mesmo que a planta esteja no vaso, mas já meio tristinha e você não quiser se complicar muito, opte por algum adubo orgânico, um composto orgânico que pode ser esterco ou húmus.

É só você espalhar, na superfície, por cima da terra e mexer um pouquinho cada vez que regar ele vai alimentando as raízes da sua tuia.

Então é Natal!

Imagina só se você conseguir manter sua árvore de natal saudável, depois você desmonta ela, coloca no ambiente adequado e cuida dela durante o ano inteiro e no natal do próximo ano, você chama a família toda, para montar a árvore que vocês cuidaram o ano inteiro.

Com toda a certeza vai ser muito mais prazeroso, muito mais divertido e até mais educativo para sua família.

E se você achou as nossas dicas úteis, compartilhe esse conteúdo com alguém ajude a divulgar segue nas redes sociais e se ficou alguma dúvida deixa aqui nos comentários. Um feliz natal para você e sua família, esse é o desejo do O Produtor Garden.

Comentários